sábado, abril 14, 2012

A/Ruina


Novos concertos "A/Ruina":

No dia 19 de Maio concerto nas festas da ascenção na Chamusca;
No dia 2 de Junho em Torres Novas.

6




6" é um projecto musical iniciado por Sérgio Deuchande em meados de 2011. Este caminho musical nasce da necessidade de divulgar a música que sempre fez e que nunca vai parar de fazer. O caminho é discreto mas seguro, os códigos são secretos mas decifráveis.

Concerto dia 21 de Abril no Espaço Reflexo em Sintra.

A ruina


Nascida em meados de 2011, a/ruina, nova banda portuguesa,
surgiu da ideia e da vontade de trazer uma lufada de ar fresco ao rock
nacional. Expressa-se em bom português.

É composta por elementos com experiência nestas andanças, oriundos
de bandas como AJAKALMA ou ALÉMMAR, participações com artistas consagrados.
Na sua formação tem
Ricardo Loureiro (voz e guitarra), Pedro Nunes (baixo), Gi Fonseca
(bateria), José Fialho (guitarra), Francisco Velez (teclados) e
Ricardo Pombo (guitarra).

Com uma forte secção rítmica, 3 guitarras em perfeita
harmonia e teclados a complementar, a/ruina mostra um Rock puro, sem
preconceitos e com melodias "orelhudas". Com uma grande
diversidade de influências por parte dos seus elementos que a compõem.

a/ruina surge com um novo som, irreverente, criativo e inebriante !


http://www.youtube.com/user/ozonoification?feature=watch

Valter Lobo

Fiquem atentos !

http://www.valter-lobo.com/

sexta-feira, abril 13, 2012

Trio Pagú


Escangalhado é o nome do novíssimo disco do Trio Pagú. Neste disco o trio expande-se a quinteto somando à quente voz de Alex Liberalli, à guitarra bluesy de Budda e à bateria irreverente de Nico, (músicos do “Monstro Mau” e Budda Power Blues”), com o groove do baixo de Pedro Ferreira e a genuinidade do Fender Rhodes de Uriel Varallo.

O conceito de Escangalhado é revisitar grandes clássicos da Bossa Nova e da MPB, retirando-os do seu contexto habitual, dando-lhe um novo fato e gravata, ou um vestidinho curto, ou até um bikini ou fato de banho. Poderá bem aplicar-se o chavão: “Querido mudei o clássico!”

De uma forma bem-humorada este quinteto escangalha e desconstrói para reconstruir a partir das cinzas.

São escangalhados os seguintes temas: Desafinado, Garota de Ipanema, Sozinho, Calhambeque, Bebo Sim, Samba de Verão, De noite na cama, Águas de Março, Tarde em Itapoã.

BackStage


"A nossa banda surgiu em 2004, de uma forma autodidacta, quando a vocalista e a pianista (10 anos) e o baterista (9 anos) tocavam no estúdio do padrasto do baterista, que era músico.

Foi aí que começámos a compor, a tocar e a interpretar. No entanto, a banda separou-se devido a uma série de factores... Mas a vocalista e a pianista continuaram sempre a compor e, em 2008 (quando tinham 14 anos) contavam já com mais de 75 composições e decidiram gravá-las; construíram um "mini-estúdio" caseiro e gravaram tudo sozinhas: vozes, guitarras, baixo, bateria, pianos, efeitos, mixagem, edição e design e, em 2009 tinham pronta a sua primeira maquete: VOICE053. No mesmo ano, um novo baterista juntou-se à banda. Em 2011 (ainda sem o novo baterista) levaram o seu projecto a estúdio e gravaram o seu primeiro single (com o mesmo nome da maquete) VOICE053, com as músicas "Cigarettes On The Ground" e "Stereotypes". Em 2012 um novo membro juntou-se a eles os três. Quanto à temática das músicas, nesta etapa os BackStage são considerados com um estilo "entre o conceptual e o metafórico", abordando temas como a vida, a morte, os sonhos, os pesadelos, o sentimento claustrofóbico, as dúvidas, a tristeza, a revolta, ou coisas como a cidade imunda, a miséria ou a ligação entre os humanos, o acreditar, o estar vivo, entre outros..."

terça-feira, abril 03, 2012

Idolos 2012| Vítor Cunha

Não costumo visitar muito o youtube, mas estou surpreendido! O Primo do meu amigo Helder Silva (Gritali & Os Tratantes) participou no "Ídolos". O Grande Victor!! Realmente o Victor quando ia ver os nossos ensaios dizia que sabia cantar, mas era de "Outro estilo" dizia ele. Eu pensáva que era brincadeira e nunca o deixei mostrar os dotes vocais. O Helder pode sempre ensinar-lhe Bateria...