domingo, novembro 27, 2011

Karpa Koi




Bruno Espinhaço, Marco Trigo e Pedro Larouca, conheceram-se na infância em brincadeiras de rua na Cidade de Gondomar. Chegada a adolescência decidiram trocar o silêncio dos “carrinhos”, pelo som gigantesco das suas guitarras e baterias, criando desta forma a sua primeira Banda de Garagem os “MALSON” em 1994.
Com influências como o Rock, o Punk, o Heavy Metal e o Trash Metal criaram músicas bastant...e interessantes para rapazes de 14 e 15 anos.
Com o passar do tempo, os “MALSON” terminaram o seu percurso e cada elemento seguiu caminhos diferentes, no panorama musical.
Em 2011, Bruno Espinhaço - vocalista e guitarrista, motivado pelas suas composições musicais, decide regressar à “adolescência” e convidar o baixista Pedro Larouca e o baterista Marco Trigo, a fim de formarem uma banda com características sólidas e sonoridades capazes de rasgarem no Pop/Rock nacional.
Com influências tão distintas, e através da composição de Bruno, criaram um Pop/Rock ritmado e motivado, com uma sonoridade brilhante e atenciosa, chegando mesmo a provocar pequenas viagens sem se sair do lugar.
Foi desta forma, através da força, da motivação e persistência, que nascem os “Karpa Koi” e o seu primeiro EP “Sentidos Proibidos”.

sábado, novembro 26, 2011

Henrique Amaro Presidente do Júri Festival Termómetro 2012

Henrique Amaro radialista da Antena 3, programador e o mais expedito e influente divulgador de novos talentos nacionais, é o nome escolhido para presidir o júri do Festival Termómetro 2012!

Amaro, é a voz que anunciará os sucessores dos Iconoclasts, que em 2011 ficaram em primeiro lugar, deixando para segundo os Salto e terceiro, Richie Campbell.

As inscrições para o festival Termómetro 2012 continuam abertas e decorrem até 22 de Dezembro, às 23h59! Na edição deste ano serão seleccionados 25 novos projectos ao longo de 5 eliminatórias que terão lugar entre 13 e 21 de Janeiro, em Lisboa e no Porto.

A final do festival que já revelou nomes como Ornatos Violeta, Mazgani, Noiserv, Terrakota, Sloopy Joe, Blind Zero e Silence Four (entre as mais de 400 bandas que já participaram!) regressa ao Porto e decorre no habitual Teatro Sá da Bandeira, no dia 4 Fevereiro de 2012.




Como concorrer?

Os interessados devem enviar um endereço online (site oficial, Myspace, Facebook, etc) onde as suas músicas estejam disponíveis para audição para: festivaltermometro@gmail.com.

O projecto vencedor terá a oportunidade de editar um CD com 4 temas originais, gravar um videoclip, realizar uma sessão fotográfica profissional e ganhar uma viagem para todos os elementos a Londres.

O Festival Termómetro 2012 é uma iniciativa Cego Surdo e Mudo - Produções Multimédia, Lda.




Mais informações:

T: 96 508 09 16 ou 93 630 30 77

www.termometro-online.com

ENA PÁ 2000 - "Eu já me vim"

"Happy" - Sheryl Crow & Keith Richards - Central Park

XUTOS & PONTAPÉS, DATA EXTRA NO CAMPO PEQUENO | 11 de Dezembro, 18h00

Dada a grande afluência na compra de bilhetes para o espectáculo dosXUTOS&PONTAPÉS de dia 10 de Dezembro no Campo Pequeno, o regresso a Lisboa da maior banda de rock portuguesa, os XUTOS & PONTAPÉS decidiram fazer um espectáculo extra que terá lugar dia 11 de Dezembro às 18h00.

Com a abertura do 2º espectáculo para dia 11 (Domingo) às 18h00, osXUTOS & PONTAPÉS pretendem facilitar a ida ao concerto a muitas famílias que assim podem passar em conjunto duas horas de puro rock’n’roll.

De que melhor maneira poderíamos antecipar o Natal senão festejá-lo na “Nossa Casinha” com os “Homens Do Leme” e “À Nossa Maneira” ?

Dias 10 e 11 de Dezembro TIM, ZÉ PEDRO, KALU, JOÃO CABELEIRA eGUI estão prontos para o regresso a Lisboa, em 2 concertos cheios de adrenalina, onde o rock manda e a emoção vai passear ao som de muitas canções que fazem parte da nossa vida e da história dos portugueses.

Não perca o regresso a Lisboa dos XUTOS & PONTAPÉS
Preço Único de Bilhete: 20,00 Euros

Lenny Kravitz - Yesterday is gone

Barry White - Just the way you are

quinta-feira, novembro 24, 2011

Keith Richards Eileen

Rita Guerra - Chegar a ti

Tento saber- Nuno Guerreiro

Viviane apresenta ao vivo “As Pequenas Gavetas do Amor “ - Com convidados especiais



Casa da Musica, Porto | 8 Dezembro | 21h30 | € 12,00

Com Vozes da Radio



Teatro das Figuras, Faro |10 Dezembro | 21h30 | € 12,00

Com Luis Represas e Zé Eduardo



CCB, Lisboa | 17 Dezembro | 21h00 | € 12,00

Com António Chaínho, Helder Moutinho e Luanda Cozetti



Bilhetes à venda na Ticketline





Dona de uma das vozes mais carismáticas da música contemporânea portuguesa, Viviane em “As pequenas gavetas do amor” convida-nos a viajar pelo Universo do Fado (que marca presença pela guitarra portuguesa) e da “Musette” e da “Chanson”.



Composto por 12 temas, “As pequenas gavetas do amor” traz a poesia e alguns grandes escritores portugueses como Vasco Graça Moura, José Luís Peixoto, Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa, Ana Hatherly, Rosa Alice Branco e Ana Luisa Amaral.

Neste disco, a cantora dos “Entre Aspas”, junta a sua voz e o seu instrumento de eleição - a flauta com a guitarra portuguesa, o acordeão, a viola, o baixo acústico e a percussão que compõem a sonoridade muito própria a que a artista nos tem habituado. Como convidados, Viviane teve ao seu lado António Zambujo, Luís Varatojo e Custódio Castelo.

O álbum fala das várias formas de amor. O amor que sentimos pelos outros, o amor que sentimos pela natureza, o amor que devemos descobrir e colocar em cada coisa que fazemos, em cada momento que vivemos. Essas formas de amar estão guardadas em nós como se fosse em pequenas gavetas que podem estar fechadas mas que estamos sempre a tempo de abrir para descobrir a felicidade que afinal se encontra em cada um de nós.



“Não apagues o amor” e ‘O tempo subitamente solto’ são os temas a rodar nas rádios nacionais.



“As pequenas gavetas do amor” sucede aos álbuns “Amores imperfeitos” (2005) e “Viviane” (2007), dos quais saíram os conhecidos temas “A vida não chega” e “Meu coração Abandonado”.



www.viviane.com.pt

Fadista Carminho é Nº1 em ESPANHA


A fadista Carminho acaba de alcançar uma proeza nunca antes conseguida por artistas nacionais: pela segunda semana consecutiva, o albúm "En Acústico" de Pablo Alborán, que será editado em Portugal na próxima semana , entrou diretamente para o Nº1 do Top de vendas de singles e álbuns em Espanha.



Carminho que tem estado em promoção em Madrid, está a contagiar a “loucura” e a conquistar a admiração do publico espanhol com a sua arte, confirmando a razão de ser apelidada com uma das maiores vozes do fado da actualidade.



O seu primeiro e unico disco de originais até à data “Fado”, será editado já no próximo dia 5 de Dezembro em Espanha.



Em “Perdonáme”, Carminho canta e “encanta” em dueto com o artista Pablo Alborán, artista que ao segundo disco é já considerado a maior estrela da música espanhola.



Pablo Alborán, estará em Lisboa na próxima semana para promover a edição de “ En Acústico”.

O artista é já conhecido do público português através da canção “Solamente Tú “ na novela de maior audiência em Portugal, “Remédio Santo” da TVI, dando vida à personagem “Violante”, interpretada pela actriz Margarida Marinho.

sexta-feira, novembro 18, 2011

Amor Electro | Novo Single e Novo Vídeo | Rosa Sangue



Foto de Filipe Rebelo

Os Amor Electro são um dos principais casos de sucesso do ano em Portugal.

"Cai o Carmo e a Trindade", o seu álbum de estreia, já ultrapassou largamente o galardão correspondente a Disco de Ouro, mantém-se há 28 semanas consecutivas nos lugares cimeiros do Top nacional, 7 das quais em 1º lugar e terá uma edição especial nas lojas, a partir do próximo dia 23, contendo a gravação do Concerto Mais Pequeno do Mundo que a banda deu para a Rádio Comercial.

Os seus espectáculos multiplicam-se, sempre com recintos cheios e não há cidade ou vila de Norte a Sul deste Pais que não queira receber um concerto seu, tal é a sua popularidade.

Depois do sucesso estrondoso de "A máquina", tema de apresentação de "Caí o Carmo e a Trindade" e musica do genérico da novela de horário nobre da SIC, os Amor Electro preparam-se agora para lançar o segundo single a ser retirado do seu primeiro álbum.

"Rosa Sangue" é mais um exemplo perfeito da musica dos Amor Electro. Uma grande canção, carregada duma emoção muito nossa, sempre em dialogo com a mais actual pop, onde o confronto entre electrónica e acústica assume um papel crucial, tornando a musica desta banda lisboeta única e marcante.

Mário Zizirini





Pesquisei no youtube "Mário Zizirini". Sim, aquele que era o pianista da banda "Praça da Alegria" com um cabelo comprido como usam as mulheres e cantáva mal como uma BURRA.
Não encontrei.
O melhor desse programa da RTP foi quando o Zizirini entrevistou dois miúdos ao piano que tocávam num nível superior a ele.
Depois começou a falar em "feijoada" e "agora está a olhar para a TV" ou "agora está a comer outra vez".

Mário Zizirini: se ainda usas cabelo daquele estilo dança "Sassaricando" como a Sónia.

Ou então: ............

segunda-feira, novembro 14, 2011

Guilherme Abreu e Alquimistas




Primeiro single do disco de originais do cantor Guilherme Abreu, intitulado 'Às Vezes Somos De Mais'.
Trata-se de um projecto amadurecido, de Rock poderoso e letras incisivas, obviamente em português, que arrebata pela narrativa, pela força e pela produção a cargo de Marco Nunes (Comité Caviar, ex- Blind Zero).

domingo, novembro 13, 2011

Cantos da Babilónia do Maestro Pedro Osório | A 17 de Novembro nas lojas

Cantos da Babilónia é o mais recente disco de Pedro Osório, editado pela Valentim de Carvalho, com a chancela da Sociedade Portuguesa de Autores.



Baseado em cantos tradicionais de diversos lugares do mundo, este trabalho é o resultado de dois anos e meio de experiências e pesquisas, que viriam a culminar num conjunto de melodias sublimemente pintadas pelos cantares oriundos de países como o Quénia, Vietname, China ou até Portugal.



Os cantos não surgiram propositadamente para este disco… foram encontrados pelo Maestro nas suas longas buscas e escusado será dizer que se deixou deslumbrar por estas paisagens musicais. Uma viagem singular pela música étnica… peças fundamentalmente para piano que se completam com a utilização frugal de “instrumentos samplados ou electrónicos”.



E é ao som do piano que as vozes cantam ao desafio, acompanhando cada nota como se se conhecessem desde sempre…mas não…não se conhecem, não se entende a língua, não se decifram as palavras. Foi isso que levou Pedro Osório a batizar esta obra de “Cantos da Babilónia”. Só que aqui, ao contrário do que se passou na Torre de Babel, encontramos o entendimento que é dado pela música.



Aqui, em “Cantos da Babilónia”, tudo se funde firme e apaixonadamente, como se o mundo inteiro coubesse dentro de cada uma das dez faixas que compõem esta obra encantadora.



A apresentação terá lugar dia 18 de Novembro pelas 18:00 na Sociedade Portuguesa de Autores e contará com a participação de José Jorge Letria.

The Doups - Joyful (Official Video)